A queda é um evento frequente entre os idosos e pode gerar limitações funcionais, incapacidade ou até mesmo a morte, principalmente por suas consequências.

Fatores de risco para queda:

  • Idade avançada;
  • Presença de doenças crônicas;
  • Histórico de quedas;
  • Prejuízos psico-cognitivo;
  • Uso de muita medicação, sendo quatro ou mais e principalmente se houver uso de benzodiazepínicos;
  • Ambiente físico inadequado;
  • Fraqueza muscular;
  • Hipotensão postural;
  • Distúrbio de equilíbrio emocional;
  • Déficit de mobilidade;
  • Depressão;
  • Uso de dispositivo de auxílio de marcha (bengala, andador).

A prevenção de queda é de fundamental diferença na qualidade de vida do idoso, sendo necessária avaliar as possíveis barreiras ambientais, a intervenção de um profissional fisioterapeuta com exercícios para fortalecimento muscular, com a análise de cada caso, a necessidade do uso de dispositivo de marcha.

Solicite a ajuda de um Cuidador Profissional

O risco de quedas em idosos necessita de extrema atenção, pois é evitável muitas vezes.
Com o profissional próximo, atividades que requerem muito equilíbrio, como o banho, pode ter alterações com o cuidador, para maior estabilidade da pessoa e diminuição dos fatores de risco para quedas.

Assim como, o controle da ingestão de medicações que abrange fator de risco para quedas, caso esteja utilizando a medicação sem o devido controle.

Quero saber mais

Tenho Interesse