Como evitar quedas de idosos: 22 dicas de segurança em casa

As quedas de idosos são um dos eventos mais comuns neste estágio da vida. A fragilidade natural da velhice, ou mesmo a presença ainda não constatada de doenças ou outros sintomas, acaba criando situações para que esse evento ocorra com maior facilidade. Segundo estimativas, um a cada três idosos com mais de 65 anos já sofreu uma queda. Entre as pessoas com mais de 80 anos40% sofrem ao menos uma queda por ano.

Já as consequências de uma queda na terceira idade, tanto físicas quanto psicológicas, podem ser graves e irreparáveis. Ou seja: evitar que esse tipo de acidente aconteça com quem você ama é muito importante. Por isso, para lhe ajudar, listamos 22 dicas fáceis que podem ser colocadas em prática no dia a dia e podem evitar muitos acidentes. Confira!

Dicas simples, práticas e fáceis para evitar quedas de idosos

De maneira geral, alguns cuidados simples nos ambientes em que o idoso costuma circular podem fazer uma grande diferença e evitar acidentes. Veja alguns exemplos!

  • Investir em uma boa iluminação;
  • Substituir degraus por rampas ou, então, instalar faixas antiderrapantes nos degraus e sinalizá-los com cores chamativas;
  • Evitar o uso de ceras que deixem o piso escorregadio;
  • Instalar interruptores de luz na entrada dos ambientes;
  • Instalar barras de apoio em locais de difícil acesso, como escadas e rampas;
  • Limitar a circulação de pets em casa.

Dicas para evitar quedas de idosos no quarto:

  • Ter uma luz de cabeceira perto da cama;
  • Investir em uma cama alta, onde o idoso possa subir e descer sem dificuldade;
  • Manter os móveis encostados à parede para evitar esbarrões ao transitar pelos locais;
  • Não deixar objetos no chão do quarto.

Dicas para evitar quedas de idosos no banheiro:

  • Usar tapete antiderrapante na saída do box;
  • Instalar barras de apoio nas paredes, especialmente do box;
  • Substituir o assento sanitário por um mais alto.

Dicas para evitar quedas de idosos na sala de estar:

  • Organizar os móveis de forma que o ambiente fique o mais amplo e sem obstáculos possível;
  • Evitar mesas de centro e outros objetos na área de circulação;
  • Manter fios de eletrodomésticos encostados às paredes;
  • Evitar tapetes, ou então fixá-los ao chão;
  • Dar preferência para sofás e poltronas altas e com encosto para os braços.
  • Se possível, instalar piso antiderrapante;

Dicas para evitar quedas de idosos na cozinha:

  • Manter os objetos que o idoso costuma utilizar em armários acessíveis, nem muito altos, nem muito baixos. O mesmo vale para alimentos na geladeira;
  • Limpar imediatamente líquidos e gorduras que por ventura tenham caído no chão;
  • Priorizar mesas e bancadas altas.

Além desses cuidados que podem ser aplicados nos ambientes físicos em que o idoso circula, quedas também podem ser evitadas com a adoção de hábitos saudáveis. A prática regular de exercícios físicos, que contribui para um melhor desempenho corporal, visitas frequentes a médicos e realização periódica de exames também são essenciais para garantir a segurança de seu familiar.

Conteúdo fonte: www.tecnosenior.com