O Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), causado pela falta de sangue em determinada área do cérebro, decorrente da obstrução de uma artéria, sendo o mais comum.

O Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico (AVCH) é causado por sangramento devido ao rompimento de um vaso sanguíneo.

Nos dois tipos de AVC, uma vez que o sangue contendo nutrientes e oxigênio, não chega a determinadas áreas do cérebro, ocorre a perda das funções dos neurônios, causando os sinais e sintomas que dependerão da região do cérebro envolvida. O AVC atinge pessoas de todas as idades, sendo raro na infância.

Deve ser considerado como um ataque cerebral, pois é a causa mais frequente de morte e incapacidades na população adulta brasileira.

As consequências do AVC conforme a região afetada possuem várias proporções, desde à continuidade da vida normal, com pouca alteração até a pessoa dependente para as tarefas da vida diária.

AIT – Ataque Isquêmico Transitório

“Ataque Isquêmico Transitório” (AIT ou TIA, do Inglês) é uma condição que consiste na interrupção temporária do fluxo sanguíneo, causando sinais e sintomas iguais ao AVC que, porém revertem-se espontaneamente em um curto período de tempo. O ataque isquêmico transitório deve ser encarado como um aviso de que algo está errado. Sua causa precisa ser descoberta e tratada, antes que o AVC ocorra.

Solicite a ajuda de um Cuidador Profissional

Os cuidados com o paciente com o quadro de AVC requer um plano de cuidados totalmente personalizado, dentro das funções e estímulos necessários à pessoa e a família.

O profissional da nossa equipe visa a qualidade de vida do seu familiar.

Quero saber mais

Tenho Interesse